quarta-feira, 24 de novembro de 2010

Como foi o PythOnCampus IFF 2010

No dia 12/11/2010, realizou-se um PythOnCampus no IFF, em Campos dos Goytacazes/RJ. O evento, organizado por nós do Núcleo de Pesquisa em Sistemas de Informação (NSI) do Instituto Federal Fluminense (IFF), foi muito legal!

Apesar de ser uma sexta-feira véspera de feriadão, o evento contou com um bom público (e boa parte dele ficou lá até depois das 22 horas) e com minicursos bem legais e palestras de altíssimo nível. Pela manhã, três minicursos simultâneos começaram os trabalhos: "Utilizando OpenCV com Python", com Whanderley Souza (NSI), mostrou como a linguagem Python pode ser usada para trabalhar com visão computacional; em Coisas que até Guido duvida: Metaprogramação em Python, apresentei técnicas de metaprogramação usadas na construção do Should-DSL; e, como não poderíamos deixar de oferecer, Romulo Machado (NSI) apresentou Getting Started with Python, uma introdução à linguagem para já ambientar os novatos no que estaria por vir.

À tarde, enquanto rolava um coding dojo liderado pelo Tarsis Azevedo e contando com as presenças dos palestrantes da noite Henrique Bastos e Rodolpho Eckhardt, aconteciam mais dois minicursos: "Aquecendo os motores com MongoEngine", por Vanderson "Argentino" Mota (Myfreecomm), mostrou na prática o uso de MongoDB com Python; e Rodrigo Pereira (COPPE/UFRJ) apresentava programação orientada a aspectos com Java (sim, Java!). Este minicurso seria do Circuito de Tecnologia da Informação do IFF, que aconteceu na mesma semana, mas devido a problemas de agenda só pode ser ministrado na sexta, sendo acolhido pela PythOnCampus. Todos os minicursos contaram com um ótimo público, tanto em número quanto em participação!

Na parte da noite, Rogério Atem, El Jefe do NSI, apresentou o evento e deu início às palestras, que foram um show à parte. Fabricio Barros (Centro Universitário São Camilo - ES) apresentou sua pesquisa em computação soberana que gerou uma implementação em Python, mostrando que a linguagem pode ir bem além do convencional. Henrique Bastos (PythonRio) abriu a cabeça do pessoal sobre valores e práticas ágeis e mostrou que desenvolvimento de software pode e deve ser sustentável. Gustavo Rezende (Globo.com) mostrou como é o desenvolvimento de software em uma grande empresa, no caso a Globo.com; Rodolpho Eckhardt (Google) apresentou as novidades do Google App Engine para desenvolvedores Python; e Hugo Lopes Tavares (Globo.com) apresentou Behaviour-Driven Development (BDD) e mostrou uma pilha de ferramentas BDD em Python desenvolvidas no NSI. No final, o Rogério fechou o evento conclamando a academia a se abrir ao novo em desenvolvimento de software, no que foi referendado pelo Henrique, que, aliás, deu uma declaração sobre o NSI que nos orgulhou a todos! Valeu mesmo!

Depois do evento, claro, a galera do NSI (atuais e ex) e mais Henrique e Rodolpho partimos direto pro #horaextra. Sem falar que foi memorável reunir o pessoal todo: sabe lá quando vamos ter novamente um #horaextra com Hugo, Gustavo e Vanderson.

O evento foi muito, mas muito legal! Ao público presente nas palestras e nos minicursos, muito obrigado por ser o principal ingrediente no sucesso do evento! Quem não participou, perdeu! Mas fique esperto porque ano que vem tem mais.

Finalizando, gostaria de agradecer, em nome da organização do evento, a Henrique Bastos, Rodolpho Eckhardt, Fabrício Barros, Gustavo Rezende, Hugo Lopes e Vanderson Mota, que vieram a Campos só para o evento. Além disso, agradecer ao IFF pela estrutura e pelo suporte e ao pessoal do Circuito de Tecnologia da Informação (CITI) pela força e propaganda. Fora a galera do NSI que comprou a briga e participou da parada com vontade. Sem palavras para agradecer!

3 comentários:

Mari ...ou não... disse...

Perdi de aparecer na foto :(

Foi mais um belo evento! Parabéns pessoal! \o

berrondo disse...

é como eu digo sempre: eu sou fã dessa galera de Campos! \o/
><>

Tarsis Azevedo disse...

Obrigado galera! Pelo aprendizado, pelas historias e pelo crescimento pessoal!! ;D

Tenho orgulho de ter entrado no NSI e trabalhar com tanta gente foda!

Obrigado!

Abraços,